Domínio Público
DOMÍNIO PÚBLICO é uma plataforma de reflexão teórico-prática em torno da questão da Documentação enquanto prática artística e enquanto estrutura de pensamento pluridisciplinar, simultaneamente extrínseca e intrínseca a um projecto específico, ou então enquanto sistema metodológico para a criação de objectos artísticos (ou para-artísticos) essencialmente “residuais”, de carácter não necessariamente efémero, mas suportados na sua construção efectiva em formatos variados de arquivo, organização, sistematização e compilação de matérias. Em diálogo ao mesmo tempo paralelo e transversal ao programa MAP/P (desNORTE preview + Visiting Artists), este meta-projecto pretende responder, por um lado, às exigências de documentação e registo de um evento que se pauta pela apresentação de “artes em processo”, e por outro lado propor uma leitura transversal em torno das operações que afectam as práticas artísticas contemporâneas, nomeadamente na sua relação com as questões da crítica, da autoria, da ética do espectador, da autobiografia, da memória e, claro, da documentação.

Direcção e Coordenação:
Rogério Nuno Costa

Produção:
Fábrica de Movimentos

Local:
Mosteiro São Bento da Vitória, Porto
Domínio Público
+
"Calcanhar de Aquiles", Sara Wellenkamp.
+
"Calcanhar de Aquiles", Sara Wellenkamp.
+
"Calcanhar de Aquiles", Sara Wellenkamp.
+
"Calcanhar de Aquiles", Sara Wellenkamp.
+
"Visiting Artists", Jeroen Peeters.
+
"Visiting Artists", Jeroen Peeters.
+
"Visiting Artists", Jeroen Peeters.
Ana Trincão
+
Ana Trincão, “Homenagem”.
©Thiago Krautz
+
Ana Trincão, “Homenagem”.
©Thiago Krautz
+
Ana Trincão, “Homenagem”.
©Thiago Krautz
+
Ana Trincão, “Homenagem”
©Thiago Krautz
+
Ana Trincão, “Homenagem”
©Thiago Krautz
+
Ana Trincão, “Homenagem”.
©Thiago Krautz
Tânia Dinis